Mostrar mensagens com a etiqueta Ocupação. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Ocupação. Mostrar todas as mensagens

A ocupação como meio de luta: a experiência da TOCA

sexta-feira, 13 de março de 2015

Em Abril de 2007 uma manifestação com cerca de uma centena de jovens, na sua maioria estudantes, concentra-se em frente ao edifício da Câmara Municipal da Amadora para exigir uma política cultural para o Concelho. Apesar de ser uma das cidades mais jovens e densamente populadas do Distrito de Lisboa, a Amadora é, desde a queda da autarquia nas mãos do PS, um deserto de cultura e um armazém de mão-de-obra barata.

Isto é genocídio - Somos todos palestinos

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Na Palestina, a cada três dias uma criança é assassinada por Israel. Nunca conheceremos os seus nomes, nunca ouviremos entrevistas com os seus pais, nunca veremos as suas caras. Porque um rocket palestiniano ser interceptado pelo escudo anti-misséis é mais relevante do que a vida de uma criança ser interceptada por uma bomba inteligente. Porque as lágrimas dos palestinianos valem menos que as de um israelita.

Agora está a recomeçar o massacre. Já chovem as bombas nos prédios de habitação da Faixa de Gaza, misturando a carne dos homens com a cinza das casas e o pó do cimento. E enquanto a comunicação social nos pasma com as farsas e façanhas do Mundial de Futebol, o genocídio continua: 20 mortos em 20 horas. 1 cadáver por hora. 5 crianças. 12 civis. Número desconhecido de feridos, amputados e desaparecidos.